Curso técnico em design de interiores: Saiba tudo sobre

Você gosta de decoração e de interagir com as pessoas? Então, provavelmente o curso técnico em design de interiores irá lhe agradar. Para atuar como técnico em design de interiores, além de um gosto pela beleza e estética dos ambientes, é preciso também uma facilidade de entender as necessidades e vontades do cliente. Afinal, não basta fazer um projeto bonito, ele precisa estar de acordo com as expectativas e gostos do cliente. Confira neste post qual o mercado de trabalho, salários, vagas e as disciplinas de um curso técnico em design de interiores.

Designer X técnico em design de interiores

Recentemente, em dezembro de 2016, por meio da Lei Nº 13.369, foi regulamentada a profissão de designer de Interiores. Ainda assim, muita gente tem dúvidas se o técnico em design de interiores também pode ser chamado de designer. Por isso, é importante esclarecer que a profissão de designer de interiores é reconhecida por esse título, independentemente da formação.

Como opção de formação, existem cursos técnicos, tecnólogos e graduação na área. A escolha pelo curso é sua e deve levar em conta seu objetivo, tempo e valor financeiro disponível. Em geral, os cursos técnicos em design de interiores são mais voltados à prática e ao mercado de trabalho. Já os cursos de nível superior, categoria na qual estão os tecnólogos, é possível atuar também no meio acadêmico, seja como pesquisador ou como professor da área.

Técnico em design de interiores vai além da decoração

Em geral, é o gosto pela decoração que desperta o interesse pelo curso técnico em design de interiores, mas a atuação do designer vai além disso e de um apurado senso estético.

Ao elaborar, projetar, executar e acompanhar projetos de interiores, o técnico em design de interiores deve pensar na funcionalidade, ergonomia e conforto do espaço e principalmente, conseguir captar o que o cliente tem em mente e transformar esse sonho em realidade.

Por isso, a interação com o cliente é um ponto bastante sensível da formação. Se você tem qualquer dificuldade em lidar com críticas, ao longo do curso, irá aprender a receber avaliações de maneira positiva. Em sala de aula terá, ainda, a oportunidade de praticar como entregar um projeto, equilibrando o domínio técnico em design de interiores e o que o cliente deseja.

Afinal, o melhor projeto é aquele que consegue aliar o conhecimento profissional às expectativas do cliente. Você estará bem preparado para orientá-lo, atendendo assim o que a pessoa procura ao contratar um profissional. O esperado é que o técnico em design de interiores compreenda o estilo do cliente e traduza isso em opções viáveis no projeto.

Onde atuar como técnico em design de interiores

Seja como funcionário ou como autônomo, os técnicos em design de interiores podem atuar em lojas de móveis e de decoração, em escritórios de design e arquitetura, em empresas especializadas em projetos de interiores, em imobiliárias, construtoras ou até mesmo criando sua base de clientes, por meio da indicação e divulgação dos seus trabalhos.

Se optar por atuar como autônomo, vale buscar parcerias com lojas, imobiliárias e construtoras a fim de que indiquem o seu trabalho. Outra dica é manter seu portfólio atualizado, seja em um site ou mesmo em um perfil específico para isso em uma rede social.

Quanto ganha um técnico em design de interiores

A variedade de áreas de atuação para o técnico em design de interiores também é fato quando se fala em remuneração. É difícil estimar o valor médio que o curso técnico em design de interiores vai lhe proporcionar pois isso depende da sua atuação. A variação é grande e pode partir de R$ 900 até R$ 5 mil.

Para o técnico em design de interiores que pretende atuar no comércio, em lojas de decoração ou de ambientes planejados, em geral, a média salarial é próxima a R$ 1 mil por mês. Porém, a comissão compensa, podendo alcançar 7 vezes o valor do salário mensal.

O técnico em design de interiores tem, ainda, a possibilidade de trabalhar com consultoria. Neste caso, a contratação estabelece uma remuneração por m² e por hora (esta está valendo cerca de R$ 250,00). Quanto mais projetos, maior será a renda. E mais um detalhe: O profissional pode atuar no manuseio do software Autocad (habilidade abordada nas disciplinas do curso técnico), que garante uma renda de R$ 100,00 por hora.

O que esperar de um curso técnico em design de interiores

O curso técnico em design de interiores costuma durar cerca de um ano. Ao longo deste período, o aluno passa por módulos de aprendizagem que vão desde o desenho até o desenvolvimento de projetos. Ele terá disciplinas em que aprenderá técnicas de desenho e ilustração. E, também terá matérias com foco na tecnologia aplicada ao design de interiores, incluindo softwares e aplicativos disponíveis no mercado, como Autocad e Sketchup (3D).

Entre as disciplinas teóricas do curso técnico em design de interiores estão:

  • História da arte;
  • Linguagem técnica;
  • Representação gráfica espacial;
  • Conforto ambiental;
  • Ergonomia, entre outras.

Vale lembrar que todas estas disciplinas, embora teóricas, também têm um direcional de aplicação nos projetos. Ao longo do curso técnico em design de interiores, o aluno terá a oportunidade de conhecer as tendências da área, o que será de grande valia no exercício da profissão.

E se o técnico em design de interiores não quiser atuar na área?

Há quem pense em fazer um curso técnico em design de interiores e não queira atuar na área e não há nenhum problema nisso. Afinal, conhecimento nunca é demais e você poderá aplicar o que aprendeu na sua casa mesma.

Imagine comprar um imóvel e usar tudo que aprendeu sobre decoração no seu próprio espaço. Ou conseguir reconhecer o seu estilo e comprar os móveis e objetos dos sonhos e que combinam direitinho com a sua casa! Tudo isso é possível para quem faz o curso de design de interiores.  

Faça o curso técnico em design de interiores SP em uma instituição renomada, com infraestrutura e tecnologia que proporcionam a execução de seus projetos. Entre para o mundo da decoração com professores que caminham ao seu lado. Faça Famesp.

Promoção Acelera com a Famesp - Ganhe uma moto
+MATRIZ CURRICULAR
TÉCNICO EM DESIGN DE INTERIORES – 880h
MÓDULO I – Desenhista Projetista
Representação Gráfica – 40h
Aplicativos Informatizados: Software Autocad- 40h
Estudos e Aplicação dos Materiais de Revestimento e Noções de Conforto Ambiental –  80h
História da Arte, do Design e do Mobiliário – 80h
Linguagem Técnica e Projetiva Aplicada ao Design de Interiores  – 80h
Composição e Projetos de Interiores I – 80h
MÓDULO II –  Técnico em Design de Interiores
Composição e Projetos de Interiores II – 80h
Ergonomia Aplicada em Design de Interiores – 80h
Ilustração de Projeto e Portfólio – 80h
Gestão, Ética e Comunicação Aplicada ao Design de Interiores – 80h
Aplicativos Informatizados: Software Autocad – 40h
Aplicativos Informatizados: Software Sketchup – 40h
PROJETOS INTEGRADORES – 80h

+DOCUMENTOS PARA A MATRÍCULA

A matrícula deverá ser realizada na Secretaria da MÉTODO. Apresentar cópia autenticada ou simples com apresentação do documento original:
– Certificado de conclusão do curso de Ensino Médio e Histórico Escolar (ou Declaração de Matrícula do 2º ou 3º ano do Ensino Médio)
– RG ( Cédula de identidade )
– CPF Cadastro Nacional de Pessoa Física (CIC)
– Título de eleitor aos maiores de 18 anos
– Prova de quitação com o serviço militar para maiores de 18 anos, se do sexo masculino
– Certidão de nascimento ou casamento
– Comprovante de residência com CEP
– Duas fotos 3×4 recentes e iguais

+MANHÃ - 8h às 11h30

PERÍODO DA MANHà– 08h às 11h30

Mensalidade de R$ 392,00*

*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.
+NOITE - 19h às 22h30

PERÍODO DA NOITE – 19h às 22h30

Mensalidade de R$ 392,00*

*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

Comentários

comentários