Curso técnico em estética: Saiba tudo sobre

Diante de um mercado tão aquecido, tem crescido também a busca por cursos técnicos em estética. Assim, como na busca pela beleza, é preciso pesquisar com cuidado para não errar no procedimento ou na escolha do curso. Então, se você quer ser técnico em estética, leia este post e conheça mais sobre a formação e também sobre o mercado de trabalho, as vagas e os salários para os técnicos em estética.

A preocupação com a beleza está diretamente ligada à cultura do povo brasileiro. A busca pelo corpo perfeito e por adiar o envelhecimento é grande no País, que é o terceiro no ranking dos países que mais investem em beleza. O setor é responsável por 1,8% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional.

Mercado de trabalho para os técnicos em estética

Hoje, no Brasil, são mais de 6 mil profissionais atuando na área estética. Isso considerando somente os que atuam dentro do regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Como este ainda é um mercado com bastante profissionais informais, este número com certeza é bem superior, afinal, estima-se que existam cerca de 600 mil salões de beleza no País, sendo grande parte deles abrigando técnicos em estética.

Mas não se assuste, embora hajam muitos técnicos em estética atuantes no mercado, o consumo na indústria da beleza só aumenta. Pesquisas apontam que, em um momento de crise, os brasileiros preferem diminuir suas despesas com lazer a deixar de investir em cosméticos, perfumaria e outros procedimentos estéticos. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), os brasileiros destinam cerca de 2% de seu orçamento para esse fim.

Vale lembrar que , atualmente, alguns sindicatos de empregados da indústria da beleza estão propondo os pisos, reajustes e benefícios da categoria. Além disso, desde o início deste ano, entrou em vigor uma lei que regulamenta a possibilidade dos profissionais que atuam nos salões de beleza optarem entre as regras da CLT ou em atuarem como parceiros, sem vínculo empregatício, mas por meio de um contrato pré-estabelecido.

Onde atuar como técnico em estética

Como dissemos, com o mercado da beleza em alta, muitas são as possibilidades de trabalho para o técnico em estética. Há várias vagas de emprego para esses profissionais em:

  • Clínicas dermatológicas, atuando em procedimentos estéticos e faciais;
  • Academias, que buscam reunir em sua estrutura, profissionais da área da saúde e estética, tornando-se um centro de beleza completo;
  • Spas que têm como serviço oferecido não somente os procedimentos estéticos, mas também os de relaxamento, que também podem ser exercidos por um técnico em estética;
  • Atendimento home care. O técnico em estética pode realizar vários procedimentos nesta área, que tem sido uma das mais buscadas em termos de atendimento autônomo;
  • Salões de beleza.

Em todos estes estabelecimentos, além de atuar na execução dos procedimentos estéticos, o técnico em estética também pode ser responsável por coordenar e supervisionar as atividades, pois os cursos o preparam para o ambiente da gestão. Isso porque muitos profissionais optam por empreender e abrir um negócio próprio.

O técnico em estética pode trabalhar seguindo as seguintes modalidades: ser contratado, atuar como autônomo ou  ser dono do seu próprio negócio. Muitas vezes, bate a dúvida se vale mais a pena atuar como funcionário dentro de uma clínica de estética, por exemplo, ou abrir seu próprio estabelecimento, o que exige mais investimentos.

Esta é uma escolha para a qual você pode se preparar ao longo do curso técnico em estética. Mas, independentemente de atuar como contratado, autônomo ou dono do negócio, a formação em curso técnico em estética é fundamental.

Por isso, se você quer ingressar e ser bem sucedido no mercado, é importante se planejar para fazer um curso técnico em estética. Depois de concluído, quem sabe o próximo passo pode ser uma graduação na área.

O que vou aprender no curso técnico em estética?

Antes de partir para o aprendizado de técnicas e procedimentos estéticos, sejam eles faciais ou corporais, o técnico em estética também passa por aulas que visam ensinar sobre a anatomia e fisiologia humana, cosmetologia aplicada, microbiologia, imunologia e até mesmo primeiros socorros.

Uma disciplina bem importante é a que trata da tecnologia no universo da estética. Isso porque o mercado da beleza está em constante evolução, seja em técnicas e procedimentos quanto nos equipamentos a serem utilizados. Por isso, além do curso técnico em estética, é importante pesquisar e ler bastante sobre o tema, para estar informado sobre as novidades, aprender sobre elas e poder oferecê-las como um diferencial.

Além das disciplinas, procure sempre por um curso que contemple um estágio supervisionado em sua matriz curricular. Isso irá lhe trazer experiência e até mesmo irá ajudá-lo a decidir em quais áreas e procedimentos prefere atuar.

Competição entre técnicos em estética e profissionais não formados

Uma das preocupações dos técnicos em estética é com a quantidade de profissionais que não tem a formação técnica, mas atuam na área. Além de apoiar a regulamentação da profissão, reforce com seus clientes os riscos de fazer estes procedimentos com profissionais sem preparo e faço um excelente trabalho. Assim você com certeza irá garantir sua atuação no mercado.

Quanto ganha um técnico em estética?

Como dito anteriormente, existem muitas formas para se atuar como técnico em estética, inclusive, como autônomo. Por isso, os ganhos são muito relativos. Mas, a média salarial, para profissionais em início de carreira, é por volta de 1,3 mil reais. Podendo chegar a valores bem maiores, dependendo do nível de experiência do profissional.

Só mais um detalhe. Hoje em dia, o técnico em estética que atua com os mais modernos procedimentos da área pode ganhar valores significativos por cada uma das sessões realizadas. São vários os tratamentos que estão ficando cada dia mais caros porque são fruto de diversas pesquisas e novas tecnologias. Diante disso, a possibilidade de um retorno financeiro maior, ao final do mês, é bem grande.

Quer aprender tudo sobre estética? Então, faça sua matrícula no curso técnico em estética da Famesp e garanta a oportunidade de aprender com profissionais formados no Brasil e no exterior.

Promoção Acelera com a Famesp - Ganhe uma moto

MATRÍCULAS ABERTAS - INÍCIO DO CURSO EM AGOSTO
INVESTIMENTO: Clique no período desejado para visualizar os valores.

+MANHÃ - 08h às 11h30

PERÍODO DA MANHà– 08h às 11h30

Mensalidade de R$ 349,00*

MATRÍCULA IMPERDÍVEL 2017.2 –  De R$150,00 por R$30,00
Para matrículas realizadas até 19 de Maio.
*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

+TARDE - 14h às 17h30

PERÍODO DA TARDE – 14h às 17h30

Mensalidade de R$ 329,00*

MATRÍCULA IMPERDÍVEL 2017.2 –  De R$150,00 por R$30,00
Para matrículas realizadas até 19 de Maio.
*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

+NOITE - 19h às 22h30

PERÍODO DA NOITE – 19h às 22h30

Mensalidade de R$ 369,00*

MATRÍCULA IMPERDÍVEL 2017.2 –  De R$150,00 por R$30,00
Para matrículas realizadas até 19 de Maio.
*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

+MATRIZ CURRICULAR

TÉCNICO EM ESTÉTICA1320h
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Anatomia e Fisiologia Humana – 80h
Cosmetologia Aplicada – 80
Estética Corporal – 240h
Estética Facial – 240h
Gestão e Cosmetologia – 80h
Língua Portuguesa – 40h
Microbiologia e Imunologia – 80h
Nutrição Estética – 80h
Patologia Aplicada – 80h
Primeiros Socorros – 40h
Psicologia e Ética – 40h
Tecnologia Estética – 80h
Terapias Complementares – 40h
ESTÁGIO SUPERVISIONADO – 120h

+DOCUMENTOS PARA A MATRÍCULA

A matrícula deverá ser realizada na Secretaria da MÉTODO. Apresentar cópia autenticada ou simples com apresentação do documento original:
– Certificado de conclusão do curso de Ensino Médio e Histórico Escolar (ou Declaração de Matrícula do 2º ou 3º ano do Ensino Médio)
– RG ( Cédula de identidade )
– CPF Cadastro Nacional de Pessoa Física (CIC)
– Título de eleitor aos maiores de 18 anos
– Prova de quitação com o serviço militar para maiores de 18 anos, se do sexo masculino
– Certidão de nascimento ou casamento
– Comprovante de residência com CEP
– Duas fotos 3×4 recentes e iguais

Comentários

comentários