Curso técnico em radiologia: Saiba tudo sobre

Se você gosta da área de saúde e tem interesse por assuntos como anatomia e enfermagem, a carreira como técnico em radiologia pode ser uma boa opção. Além de um mercado de trabalho amplo e em constante evolução, o técnico em radiologia é uma profissão regulamentada e essencial nos diagnósticos médicos. Confira tudo mais sobre o curso técnico em radiologia neste post, que vai falar sobre vagas, salários e outras informações importantes para quem está buscando uma profissão.

Afinal, o que é radiologia?

Considerada uma especialidade da medicina, a radiologia é a ciência utilizada para diagnóstico, controle e também para o tratamento de diversas doenças. Com ampla aplicação, é utilizada não somente na área médica, mas também ambiental, científica, metalúrgica, alimentícia, veterinária e odontológica.

Embora seja a mais conhecida, a radiação eletromagnética, cuja uma das formas é o Raio-X, não é a única. Existem também as radiações sonoras e corpusculares. Além do famoso Raio-X, hoje a radiologia é aplicada em exames como tomografia, mamografia e densitometria óssea.

Mercado de trabalho para técnicos em radiologia

Os diagnósticos estão diretamente ligados à evolução natural dos tratamentos de saúde. Com os avanços da tecnologia, vem aumentando sempre a quantidade de hospitais e laboratórios no Brasil que realizem exames de radiografia convencionais e digitais. Esse é, sem dúvida, o maior campo para os técnicos em radiologia trabalharem.

Regulamentada desde 1985, Lei n.º 7.394/85, a profissão de técnico em radiologia tem um conselho bastante atuante e que, constantemente, busca melhorias para os seus profissionais. Seja com relação ao piso salarial, à carga horária de trabalho, às questões de insalubridade que envolvem o exercício da profissão ou mesmo sobre novas profissões que possam invadir o campo de atuação dos técnicos em radiologia.

Técnico em radiologia: formação com viés em exatas e biológicas

Pela atuação geralmente voltada à área da saúde, pode-se pensar que o curso técnico em radiologia é completamente voltado às ciências biológicas. E, de fato, existem muitas matérias nesse campo, tais como anatomia e fisiologia humana. Mas há outras relacionadas à interação com os pacientes como enfermagem, primeiros socorros, psicologia e ética. Porém, há uma base bastante sólida de estudos em física, que representa cerca de 10% da grade curricular.

Além disso, há muitas matérias específicas de técnicas radiológicas, mamografia, tomografia e as novas tecnologias aplicadas atualmente na área. Antes de buscar o curso técnico de radiologia, é importante verificar o quanto a grade curricular está atualizada com relação ao mercado de trabalho.

Para estar em consonância com o Catálogo Nacional dos Cursos Técnicos, o curso técnico em radiologia deve ter, pelo menos, 1.200 horas. Sendo necessário também que o aluno faça um estágio prático supervisionado para que possa receber seu diploma.

Técnico em radiologia: carga horária e salários

De acordo com a legislação vigente e que regulamenta a profissão de técnico em radiologia, a carga horária máxima permitida para quem ficar exposto à radiação ionizante é de 24 horas semanais.

Com relação aos salários do técnico em radiologia, o piso estabelecido até o ano passado é de R$ 2.145,36. Sendo que R$ 612,96 são referentes ao adicional de insalubridade previsto em lei.

Que riscos para saúde, enfrentam os técnicos em radiologia?

Em geral, quando vamos fazer um exame de radiologia, um Raio-X, por exemplo, há uma série de recomendações para que não sejamos expostos a alguns riscos de saúde. Então, é natural que você se pergunte quais os riscos para a saúde que um técnico em radiologia enfrenta.

É importante reforçar que a evolução das técnicas e equipamentos trouxe melhorias também no que diz respeito à diminuição desses riscos. Hoje, cada vez menos aparelhos utilizam-se da radiação ionizante.

A fiscalização de órgãos como o Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e a Anvisa também aumentou nos últimos anos. O maior cuidado ainda é para as técnicas que, em caso de gravidez, não podem mais atuar na função durante a gestação.

Onde encontrar o curso técnico em radiologia?

Você sabia que a Famesp oferece o curso de técnico em radiologia com 1600 horas de aprendizado e profissionais altamente capacitados, que garantem seu próximo passo para uma carreira de sucesso?

Agora que você conhece o mercado de trabalho e os salários de um técnico em radiologia, aproveite e se matricule no curso da Famesp.

Promoção Acelera com a Famesp - Ganhe uma moto

MATRÍCULAS 2017.2 - INÍCIO EM AGOSTO
INVESTIMENTO: Clique no período desejado para visualizar os valores.

+MANHÃ - 08h às 11h30

PERÍODO DA MANHà– 08h às 11h30

Mensalidade de R$ 349,00*

MATRÍCULA IMPERDÍVEL 2017.2 –  De R$200,00 por R$40,00
Para matrículas realizadas até 8 de Junho!
*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

+TARDE - 14h às 17h30

PERÍODO DA TARDE – 14h às 17h30

Mensalidade de R$ 329,00*

Para matrículas realizadas até 8 de Junho!
*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

+NOITE - 19h às 22h30

PERÍODO DA NOITE – 19h às 22h30

Mensalidade de R$ 369,00*

Para matrículas realizadas até 8 de Junho!
*Valor da Mensalidade com desconto para pagamentos até o dia 08 de cada mês.

+MATRIZ CURRICULAR

TÉCNICO EM RADIOLOGIA1600h
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Anatomia Humana, Radiológica e Fisiologia Humana I – 80h
Anatomia Humana, Radiológica e Fisiologia Humana II – 80h
Física Aplicada – 80h
Física Radiológica, Proteção e Higiene – 80h
Fundamentos de Enfermagem e Primeiros Socorros – 40h
Gestão e Eletrônica Radiológica – 40h
Imaginologia e Tomografia – 80h
Língua Portuguesa – 40h
Mamografia e Densitometria Óssea – 80h
Patologia Aplicada – 80h
Procedimentos de Enfermagem – 40h
Psicologia e Ética – 40h
Radiologia Médica Digital – 40h
Radioterapia, Medicina Nuclear e Ressonância Magnética – 80h
Técnicas Radiológicas I – 160h
Técnicas Radiológicas II e Exames Contrastados – 160h
ESTÁGIO SUPERVISIONADO – 400h

+DOCUMENTOS PARA A MATRÍCULA

A matrícula deverá ser realizada na Secretaria da MÉTODO. Apresentar cópia autenticada ou simples com apresentação do documento original:
– Certificado de conclusão do curso de Ensino Médio e Histórico Escolar
– RG ( Cédula de identidade )
– CPF Cadastro Nacional de Pessoa Física (CIC)
– Título de eleitor
– Prova de quitação com o serviço militar para maiores de 18 anos, se do sexo masculino
– Certidão de nascimento ou casamento
– Comprovante de residência com CEP
– Duas fotos 3×4 recentes e iguais

Comentários

comentários