mostra-curso-tecnico-radiologia-famesp

MOSTRA DE RADIOLOGIA FAMESP 2019

Nos dias 06 e 07 de Novembro aconteceu mais uma edição da Mostra Científica da Radiologia, que ocorre semestralmente. Orientados pela Coordenadora e Professora Renata Sales e pelos docentes do curso, os alunos do curso Técnico em Radiologia foram responsáveis por toda a preparação e sucesso da Mostra. 

O evento configurou dois dias inteiros voltados para exposição de banners e pesquisas sobre assuntos diversos ligados à Radiologia, interação com os alunos de outros cursos e colaboradores da Instituição, distribuição de folders e apresentações de trabalho. 

Parabenizamos a todos pelo evento, que foi um sucesso total!

Temas desenvolvidos

  • Patologias relacionadas aos diversos métodos de diagnóstico por imagem com o enfoque de ressaltar a importância da Radiologia na Medicina Diagnóstica. 
  • Desastre nuclear de Chernobyl e suas consequências para a humanidade, conscientizando o público bem como os futuros profissionais da Radiologia dos riscos envolvidos à exposição radioativa.
  • Acidente radioativo em Fukushima como uma das diversas formas de acidentes radioativos ressaltando os procedimentos tomados para minimizar as consequências posteriores, como: descartes, ações emergências imediatas e resultados da exposição à radiação.
  • Bomba atômica de Hiroshima e Nagashaki nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, o mundo testemunhou um dos momentos mais sombrios e decisivos do século 20: a explosão das bombas nucleares sobre Hiroshima e Nagasaki, no Japão. O trabalho tem por objetivo gerar uma discussão sobre os efeitos deletérios da radiação ionizante em humanos nas suas diversas doses de exposição possibilitando uma reflexão sobre as conseqüências do uso de armas nucleares.
  • Novembro Azul na conscientização da importância dos exames para detecção precoce do câncer de próstata, bem como as modalidades de tratamento radioterápico aplicadas, através de uma dinâmica em forma de roleta com perguntas e respostas relacionadas ao tema.
  • Medicina Nuclear e a sua aplicabilidade na Oncologia no diagnóstico do câncer de próstata através da reprodução em tamanho real de um equipamento PET CT. A Medicina Nuclear ainda é um ramo pouco conhecido por uma parcela significativa da população, mas é uma especialidade que oferece exames e tratamentos inovadores por meio de substâncias radioativas, conhecidas por radiofármacos.
  • IPEN (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares) e a sua importância na produção dos radioisótopos usados nas mais diversas áreas da medicina nuclear. O IPEN caracteriza-se pela multidisciplinaridade de sua atuação nas áreas de saúde, meio ambiente, aplicações de técnicas nucleares, materiais, segurança radiológica, reatores nucleares e fontes alternativas de energia.

Confira as fotos do evento:

Confira os detalhes da edição anterior:

Os temas desenvolvidos foram:

  • O contexto histórico, a evolução tecnológica da Radiologia desde a sua descoberta até os dias atuais;
  • Radiologia Forense e a sua importância na Medicina legal aplicada à perícia investigativa;
  • O emprego das radiações ionizantes na área industrial com foco no setor portuário;
  • A aplicabilidade da Radiologia Industrial na irradiação de alimentos;
  • Desastre nuclear de Chernobyl e suas consequências para a humanidade, conscientizando o público bem como os futuros profissionais da Radiologia dos riscos envolvidos à exposição radioativa;
  • Acidente radioativo de Goiânia, enfatizando a importância do correto descarte dos materiais radioativos e como consequências, as doenças e vítimas fatais.

Manhã

Noite

curso-tecnico-radiologia-famesp

Curso Técnico em Radiologia na Famesp

A Radiologia é uma área que contempla a tecnologia em prol da saúde e forma profissionais para realizarem e operarem exames de diagnóstico por imagem. A Famesp acredita que o foco na prática é a chave para o aprendizado dos alunos e, por isso, o curso Técnico em Radiologia é voltado para a realização das principais técnicas da profissão, com aulas práticas desde o primeiro módulo. A estrutura também faz toda a diferença e as salas são equipadas com simuladores que não emitem radiação e possibilitam o exercício das técnicas básicas e avançadas na área.