Planejando suas férias: 5 dicas para curtir o fim do ano

planejando suas ferias 5 dicas para curtir o fim de ano

Após um intenso ano de estudos, tudo o que você quer é tirar um tempo para descansar, certo? No entanto, planejar as suas férias, apesar de ser um alívio, pode se tornar um problema para quem não está acostumado ou é desorganizado.

Existem diversos fatores que você deve considerar ao planejar férias. Por isso, no post de hoje, vamos dar 5 dicas para você planejar suas férias com calma e curtir o fim de ano. Confira!

1. Mantenha sua organização e seu planejamento

Primeiramente, saiba para onde você quer ir e com quem vai. É preciso saber exatamente o número de pessoas que farão parte do roteiro de férias para que, assim, você possa planejar os gastos com cuidado, ou, então, quais gastos podem ser divididos.

Outro ponto importante é definir quando poderá viajar. Faça um cálculo de quanto gastará diante do tempo que vai ficar no local. Trace uma meta de quanto precisa economizar durante o ano para ter uma reserva financeira para a viagem.

Muitas pessoas, com tantas coisas para estudar e trabalhos para fazer, acabam achando que as férias não precisam de planejamento ou organização como todas as outras esferas da vida. Muito pelo contrário, é preciso se organizar para planejar e garantir que esse seja um período de diversão e descanso, sem estresse.

Assim, você estará pronto para o inimigo número um de quem está em férias:

2. Ao planejar férias, fique atento aos imprevistos

É normal: faz parte da vida enfrentar imprevistos. No entanto, no momento de lazer, gostaríamos que eles não aparecessem, certo? Pesquisar sobre o lugar para o qual você vai é fundamental para que isso não aconteça.

Alguns destinos solicitam vacinas específicas para entrar no país. Lembre-se também de verificar se seu passaporte está atualizado. Caso ainda não tenha passaporte, verifique os prazos necessários para que ele fique pronto e se haverá necessidade de obter um visto para a viagem: não deixe para fazer isso em cima da hora!

O extravio de malas, infelizmente, pode acontecer. Ninguém quer se estressar em um momento de relaxamento e lazer como são as férias, mas se você for o sorteado da vez, saiba que não há como impedir que isso aconteça. No entanto, há algumas medidas e cuidados que você pode tomar antes do embarque e na hora de reclamar o objeto extraviado.

Identifique corretamente suas malas. Coloque todos os seus dados, incluindo telefone e endereço para minimizar os riscos de extravio. Antes de despachar a mala, também é possível declarar o valor estimado dela mediante o pagamento de uma taxa estipulada pelas próprias companhias aéreas. Na Gol, por exemplo, a tarifa equivale a 35% da nota fiscal. Nesses casos, as companhias aéreas têm liberdade para revistar sua mala e negociar o valor declarado. Assim, você contrata uma espécie de seguro e, caso sua mala seja perdida, a companhia aérea deverá lhe ressarcir.

Caso a bagagem tenha sido extraviada na sala de desembarque, dirija-se ao balcão da companhia aérea e preencha o Registro de Irregularidade de Bagagem (RIB). Registre também uma queixa no escritório da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) dentro do aeroporto.

3. Tenha noção do seu orçamento

Para planejar férias e ter um plano de viagem consistente, você precisa saber quanto poderá gastar. Após saber quanto pode gastar, o trabalho de pesquisa sobre os custos que você terá no local que escolheu para passar as férias pode ser feito via internet.

Muitos sites fornecem os preços dos serviços da cidade. Então, vá atualizando seu orçamento. Verifique o preço médio que gastará com almoço e janta, quanto será sua hospedagem, quais custos variáveis terá durante a viagem, etc.

Caso prefira pagar mais caro e não ter tanto trabalho, existem as agências de viagem que oferecem pacotes que incluem passagens aéreas, hotéis, traslados, passeios e guias. A vantagem disso é a comodidade e a rapidez em ter tudo resolvido e à mão. A agência faz todo o trabalho e você fica livre para apenas aproveitar. No entanto, é preciso saber que você vai pagar mais caro por isso. É uma desvantagem, mas há quem prefira pagar mais para não ter de se preocupar planejando.

4. Tenha noção do tempo

Muitas vezes acabamos por planejar as tão esperadas férias durante nossa rotina de estudo. Você bem sabe que as tarefas diárias com os compromissos que assumimos nos tomam tempo e, quanto mais ocupados estamos, mais rápido o tempo passa.

Quando nos damos conta, falta apenas um mês para as férias e acabamos planejando tudo às pressas. O que resulta em um roteiro de viagem menos vantajoso e, inclusive, mais custoso. Portanto, tire um tempo de sua rotina para fazer esse planejamento. Pegue papel e caneta e anote tudo que precisa planejar estipulando datas para isso.

Pode parecer muito trabalho, mas, acredite, esse esforço será recompensado quando você estiver desfrutando dos bons momentos de descanso.

5. Compartilhe o cronograma de viagem

Depois de tudo preparado, mostre para as pessoas que vão para a viagem com você. Caso você esteja indo sozinho, compartilhe com amigos. As redes sociais nos auxiliam bastante nesse quesito. Muitos amigos seus podem já ter ido ao local que você pretende visitar. Normalmente, os conselhos mais valorosos sobre um passeio vêm daquelas pessoas que já conhecem o local.

Pergunte o que as pessoas acham. Esteja aberto a alterar o cronograma. Sim, ele deu trabalho para ser feito, mas não pense que ele é um roteiro fechado.

E então, pronto para planejar as suas férias? Você tem alguma dica adicional para esse planejamento? Compartilhe sua experiência nos comentários e até a próxima!

Comentários

comentários